31 de ago de 2010

Cisne Negro Cia de Dança traz espetáculo para Feira de Santana - ENCERRADO!

SERVIÇO

Espetáculo de Dança: Baobá (Cisne Negro Cia. de Dança - SP)
Data: 09 e 10/09/2010 - Fechado para escolas municipais
Horário: 14 horas
Local: Centro de Cultura Amélio Amorim


A Cisne Negro Cia. de Dança, mais uma vez na vanguarda da criação artística e cultural estréia nova coreografia

A CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA, sob Direção Artística de Hulda Bittencourt, comemora 33 anos de existência e sucesso de público e crítica em todo o Brasil, ESTRÉIA a sua mais nova coreografia: Baobá, uma obra inovadora, sob a direção do renomado diretor José Possi Neto, que reúne teatro, dança, música e literatura.

BAOBÁ é uma criação livre inspirada na obra “O Pequeno Príncipe” de Antoine de Saint-Exupéry.

No livro, o Pequeno Príncipe precisa sair de seu diminuto planeta por sentir-se sozinho depois de perceber que o objeto da sua paixão, uma rosa com apenas quatro espinhos para se defender, mostra-se vaidosa, estrategista e mentirosa. Na sua viagem até a Terra vai encontrar arquétipos humanos vivendo em pequenos planetas, metáforas do comportamento e dos valores da humanidade.

Em BAOBÁ ele volta à Terra em busca de um amigo, encontra um príncipe afro-brasileiro e com ele vai discutir “a toalete do planeta”. Do encontro desses dois expoentes de mundos opostos, a beleza da visão pueril desses meninos desenhará um quadro alarmante da sustentabilidade de seus mundos.

A linguagem do nosso espetáculo é a dança, mas dimensionando a importância dos temas tratados por Saint-Exupery, a responsabilidade o amor e a amizade, e a importante discussão sobre a sustentabilidade do nosso planeta, a CISNE NEGRO CIA DE DANÇA aventura-se na linguagem do Teatro-Dança criando um espetáculo onde a palavra é informação essencial e faz dos seus bailarinos atores-cantores para com maestria e eficiência comunicar mensagem tão importante.

A criação do espetáculo está a cargo de José Possi Neto, roteirista e diretor, que junto a Eduardo Ruiz desenvolveu texto e letras das músicas. Miguel Briamonte musicou essas letras e criou os temas musicais dos balés coreografados por Dany Bitencourt.

Os cenários são de Jean-Pierre Tortil com imagens de vídeo do Studio Bijari, os figurinos e adereços são de Fabio Namatamei e o desenho de luz de Wagner Freire.

Nenhum comentário:

Postar um comentário