19 de abr de 2011

Consulta Pública


QUAIS AS SUAS PROPOSTAS PARA O "COMPLEXO CARRO DE BOI" REFORMADO?
__________________________________________________________
O Complexo "Carro de Boi" precisará de uma função depois que estiver reformado. Queremos saber, na opinião de cada um de vocês, de que forma poderíamos ocupar este espaço?

Deixe sua resposta nos
comentários desta postagem, OU envie para nosso e-mail [ccamelioamorim@gmail.com], OU deixe sua opinião por escrito na coordenação do Centro de Cultura.

A SUA OPINIÃO É MUITO VALIOSA PARA NÓS.
Centro de Cultura Amélio Amorim. Um espaço todo nosso!
__________________________________________________________

O QUE É O "COMPLEXO CARRO DE BOI"?


Complexo Carro de Boi (composto por restaurante, boate e um amplo espaço de lazer) foi construído e administrado pelo arquiteto Amélio Amorim, falecido em 1982. O Carro de Boi funcionou como em verdadeiro espaço cultural em Feira de Santana abrigando mostra de artes, desfiles de moda, feiras de artesanato, além de shows com artistas regionais e nacionais. Na construção do Centro de Cultura, a estrutura do Complexo foi mantida e como homenagem, o espaço ganhou seu nome.

10 comentários:

João Paulo disse...

Deveria funcionar como um grande ponto de música que dificilmente se ouve nas rádios, tais como jazz, blues, chorinho, bossa nova, um ambiente onde se possa ouvir poesias em saraus promovidos, tomar um bom vinho, etc... Algo de requinte! :) Bem, essa é minha opinião... E que a entrada seja franca! :)

Fernanda Matos disse...

Acho que o espaço deve servir pra promover a cultura... A música, a dança e todas as outras vertentes artísticas que carecem de um palco:D
Se a entrada puder ser franca(como disse o João), melhor ainda! Caso isso se torne inviável, que pelo menos os ingressos tenham preços convidativos...

Mile disse...

Poderia ser construído um cinema, com filmes que normalmente são exibidos em circuitos alternativos "sala de arte", como acontece em Salvador.

Coelho disse...

Acho que deve ser o que foi projetado para ser: um centro cultural. Abrigar exposições de artes plásticas, eventos literários, musicais, dança, teatro. Deve ter uma programação semanal permanente de eventos, incluindo cinema de arte. Deve ter um café/bar cultural (musical, literário).Deve se abrir para aquilo que o mercado não promove e abrir espaço para artistas locais e para convidados de fora. Deve cobrar preços populares e ter acesso via ônibus.

Jorge Abel Galeano disse...

A cozinha deveria ser restaurada e se transformar em um restaurante escola tipo SENAC.
Na abóbora, cinema de arte, jazz, piano bar etc.

David disse...

Centro Cultural: unindo o que foi proposto por Jamile (cinema alternativo), Coelho e por Galeano...

Anônimo disse...

Acho simples, que volte a antiga função!
Concordo com o que todosss falaram!

Anônimo disse...

Acredito num espaço colaborativo de cultura,onde haveriam propostas de projetos trimestrais,enlaçando âmbitos como pequena sala de cinema,área para lazer com praça,bancos, restaurante/bar(a abobora se restaurada seria um ambiente com arquitetura ideal), priorizando consumo demasiadamente baixo de bebidas alcoolicas e com espaço para apresentaçoes musicais....alem de uma possivel reativação de apresentações nos finais de semana no teatro de arena!!

William disse...

Em termos práticos, o que deve ser feito é simplesmente reativar o espaço e fazer com que ele funcione não só como ponto de difusão de cultura, mas também de inclusão social. Ótimas a ideia do cinema (se possível e viável, com projeção a céu aberto) e, principalmente, do restaurante escola. Este, além de formar profissionais pode servir como opção de refeição de qualidade a preços populares para os trabalhadores da região.

Brunoo disse...

Um clube social com espaço para eventos, com aluguéis para universidades e suas respectivas formaturas, encontros de estudantes, saraus, um barzinho com música ao vivo à noite...

Postar um comentário